sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

HINO DA UMBANDA







HINO DA UMBANDA:



O Hino da Umbanda foi composto à 42 anos, na década de 60, por um cego, que em busca de sua cura foi procurar ajuda do Caboclo das Sete Encruzilhadas.Não conseguindo por ser sua cegueira cármica, fez o hino da Umbanda para mostrar que poderia ver o mundo e nossa religião de outra maneira. Embora não tenha conseguido sua cura, ficou apaixonado pela religião..
As iniciais de seu nome J. M. Alves, e segundo consta já desencarnou e infelizmente não existem registros sobre seu nome completo.
Apresentou o hino ao caboclo das sete encruzilhadas que gostou tanto que resolveu apresentá-lo como Hino da Umbanda.
Em 1961, no 2º Congresso de Umbanda, presidido pelo Sr. Henrique Landi, o hino foi oficialmente adotado como oficial da nossa amada Umbanda.....

SIGNIFICADO DAS PENAS








SIGNIFICADO DAS PENAS...........



Existia uma Lenda que o índio que praticava uma ação em benefício de alguém ou da aldeia, recebia uma faixa de couro (tiara), que era colocada em sua testa (chacra Frontal), sendo presa nesta tiara uma pena com a cor de acordo com a ação que realizará.

A pena Carijó aos que cuidavam das Armas
A pena Dourada era destinada aos Sábios e Conselheiros.
A pena Roxa simbolizava as caçadas importantes
A pena Verde aos que cuidavam das Plantas, Folhas e Frutos
A pena Branca era símbolo da Fé e do Amor
A pena Azul era dada àqueles que protegiam a Aldeia.......
A pena Vermelha aos grandes

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

FIRMEZA DO ANJO DA GUARDA...










FIRMEZA DO ANJO DA GUARDA...

Compre uma quartinha branca, uma guia branca, arrume uma Pedra Branca (Cristal), Preta e Vermelha (avermelhada)...
Coloque uma vela de sete dias branca acesa dentro de um prato branco, atrás dela coloque uma pedra branca, uma preta e uma vermelha e atrás das Pedras a Quartinha Branca, na direita da vela coloque um copo com água, a esquerda a guia branca e na frente um incenso em tablete aceso.

Faça essa Oração

Oração:

Evoco Deus, sua Lei maior e sua Justiça Divina, ao meu Anjo Guardião e peço-lhe meu Anjo Guardião, pela misericórdia Divina que o Senhor ative estes elementos com vossos Mistérios Vivos e Divinos para que eu possa ser beneficiado (a) segundo meu merecimento e minhas necessidades conhecidas e desconhecidas por mim. Amém.

Peço meu Anjo Guardião que esta quartinha com este cristal, tenham o poder de absorver cargas energéticas negativas e irradiar energias positivas e que este meu colar tenha o poder de proteção, amparo e sustentação de minha vida. Amém.

Depois que as velas apagarem, coloque a quartinha em seu altar, com as Pedras dentro, como ponto de ligação com seu anjo e a guia no pescoço para sua proteção diária....  

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Mandinga







DE ONDE VEM A EXPRESSÃO "QUEM NÃO PODE COM MANDINGA NÃO CARREGA PATUÁ"


Mandinga no Brasil Colonial era a designação de um grupo étnico de origem africana, praticantes do Islão,

possuidor do hábito de carregar junto ao peito, pendurado em um cordão, pequeno pedaço de couro com

inscrições de trechos do alcorão, que negros de outras etnias denominavam patuá. Depois de feita a inscrição

couro era dobrado e fechado costurando-se uma borda na outra. A bolsa de mandinga, como também ficou

conhecida, era uma forma de exercer uma medicina mágica, com implicações corporais e espirituais.

Diversos negros fugidos de outras etnias, para tentarem disfarçar o fato de não serem livres espichavam o cabelo

e usavam o patuá em um cordão, a também chamada bolsa de mandinga, junto ao peito, porém sem as

inscrições.

Os mandingas tinham o costume de se reconhecerem mutuamente recitando trechos do alcorão uns para os 

outros. Caso o negro interpelado não recitasse o trecho correto, o capitão do mato de etnia mandinga, 

capturaria o fugitivo imediatamente.


FOTO: de Samory Touré, Fundou o Império Mandinga, onde hoje é Guiné...

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Sincretismo e Preconceito....








Sincretismo e Preconceito....



Muito preconceito existe em relação a nós Umbandistas, mas muitos fazem o que fazemos e não enxergam, que só mudam os locais.....
IMAGENS, CÂNTICOS, DEFUMAÇÃO, VELAS, INCENSO E ATÉ OFERENDAS E FESTAS......São comuns em IGREJAS CATÓLICAS, mas quando é feito dentro de um Terreiro ou Tenda de Umbanda...nos veem com outros olhos....Preconceito? Cegueira? ou Fanatismo? Enfim pratique sua Fé mas não condenem a dos outros....JESUS não deixou uma Religião e sim um exemplo...AMAI UNS AOS OUTROS COMO EU OS AMEI....PENSEM....

domingo, 8 de dezembro de 2013

COMO ATRAÍMOS ESPÍRITOS OBSESSORES..... E POR QUE DEVEMOS MUDAR NOSSAS ATITUDES..





COMO ATRAÍMOS ESPÍRITOS OBSESSORES.....
E POR QUE DEVEMOS MUDAR NOSSAS ATITUDES...

a) a cabeça e mãos desocupadas
b) a palavra irreverente
c) a boca maledicente
d) a conversa inútil e fútil prolongada
e) a atitude hipócrita
f) o gesto impaciente
g) a inclinação pessimista
h)o apego demasiado a coisas e pessoas
i) o comodismo exagerado
j) a solidariedade ausente
m) considerar nosso trabalho excessivo
n) o desejo de apreço e reconhecimento
o) o impulso de exigir dos outros mais do que de nós mesmos
p) fugir para o álcool ou drogas estupefacientes

São essas imperfeições morais que atraem pela sintonia vibratória dos pensamentos os espíritos inferiores, perturbadores e obsessores do plano astral, a defesa psíquica contra os maus espíritos esta em nossa melhoria Moral e Mental.....FILHOS VCS LEMBRAM QUE EU JÁ ENSINEI ISSO.....BJS


O QUE ESPERAMOS QUANDO VAMOS A UMA GIRA DE UMBANDA...






O QUE ESPERAMOS QUANDO VAMOS A UMA GIRA DE UMBANDA...



Quando vamos ao Templo de Umbanda, devemos rezar, cantar, tomar passes, ouvir e seguir as orientações das entidades e pedir lucidez, para conseguirmos perceber saídas para os nossos problemas pessoais. Devemos pedir lucidez, para renovarmos as nossas energias e acessarmos melhor a sabedoria divina, que nos indicará o que precisamos modificar em nós, para que solucionemos os problemas de forma harmoniosa.....Que nos ilumine e dê a cada um de acordo com seus merecimentos....Salve todos os ORIXÁS...